domingo

Ajuste do Relantim



  • O ajuste do Relantim é muito fácil e acessível na XT, 
  • Raramente tive necessidade de ajustar o relantim... mas aconteceu já mais que uma vez em altitude de 1500 metros e com o motor frio e em pleno inverno, ter a necessidade de subir em +/- 200 rpm para poder ter um relantim certo... em outras alturas aconteceu também em pleno verão em que tive de subir um pouco o relantim, depois de fazer uns bons kms sempre de prego a fundo... porque o motor estava ligeiramente mais quente que o normal...
  • Por norma ou em circunstancias normais, o relantim diminui quando o motor está quente... por isso deverá ser ajustado a quente...
  • Acontece por vezes, ao acelerarmos o motor em ponto morto ou em andamento se  segurarmos na embraiagem, depois duma aceleração o motor parar (desliga-se)... e isto acontece normalmente devido ao relantim estar baixo...
  • O ajuste do relantim deverá ser o mais baixo possível, para economizar-mos combustível... mas temos que garantir que o RPM que vamos usar é "qb" para o bom funcionamento do motor tanto a frio com a quente...
  • O recomendado para a XT600E situa-se entre os 1.200 ~ 1.400 rpm... podendo em algumas circunstancias funcionar perfeitamente depois de termos o motor muito quente na casa das 1.100 rpm
  • ...estes valores são para a XT600E... 
  • ...e para outras motas idênticas como a XT660R/X o valor é de 1.300 /1.500 rpm
  • ou 1.400 /1.600 rpm no caso da XT660 Ténéré de 2008 
Existem outras causas, que podem ter os mesmos sintomas do relantim baixo...
- Filtro de ar sujo,
- Folga da vela inadequada ou vela em mau estado,
- Sujidade no carburador,
- etc...
  • O parafuso de ajuste (na XT600E) é facilmente identificado e situa-se junto ao "CHOKE"





        O procedimento normal e mais utilizado, é este:

  • Devemos ter o "filtro de ar" e a "vela" em bom estado...  e colocamos o motor em funcionamento e devemos esperar uns minutos até ficar quente,
  • Rodamos lentamente o parafuso no sentido (a) para aumentar... e no sentido (b) para diminuir...
  • Normalmente o ajuste que necessitamos é 1/4 de volta ou perto disso... nunca mais de 1/2 volta (a não ser que aja algum problema)
  • Através da leitura do Conta Rotações, ajustamos o rpm para 1.200 ~ 1.400
  • Seguidamente podemos acelerar por instantes até às 4.500 ou 5.000 rpm e motor após a aceleração deverá manter-se sempre estável nas 1.200 rpm



OBR pela visita... 

30 comentários:

  1. Grande Edgar estou sempre aprender contigo
    Obrigado pela partilha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Balasteiro...
      Olha que a tua Varadero é de injecção LOL
      e é um relógiozinho ;)
      dificilmente vais necessitar de lhe mexer...
      limpar o filtro de ar... isso sim... como em todas...

      ABR
      OBR pela visita :)))

      Edgar

      Eliminar
  2. Super interessante .
    Muito obrigado Edgar !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mauricio
      Ora essa... eu é que agradeço o simpático comentário :))
      é interessante e simples...
      é daquelas coisas... que facilmente se encaixa... mesmo para quem nunca sujou as mãos...

      mas tu já sabias isto... ;)

      ABR

      Edgar

      Eliminar
  3. Gostei...Pena é que a minha não tem conta-rotações !!

    O parafuso que altera a entrada de ar não mexe com nada (altera rotação) ?
    É que tenho ideia de ter mexido naqueles parafuzitos pequeninos do carburador quando o tirei fora para limpeza...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fernando

      mesmo sem RPM tá-se bem... e faz-se isto bem...
      porque o importante é encontrar o equilíbrio entre o motor frio e o motor quente...

      Os ajustes que eu conheço para a XT600E são muito básicos...
      temos que ter um desfasamento de 7mm entre a borboleta do primário para o secundário (e a único sincronismo que tem) e este ajuste é feito por fora num parafuso que tem uma mola incorporado...

      Depois temos o ajuste da mistura para o relantim...
      muito fácil de ajustar e pode ser feito com a mota em funcionamento ;)

      é o ajuste que está neste link...

      https://lh5.googleusercontent.com/-6iG8vik8LwY/TuuFCOOBBBI/AAAAAAAAGzQ/oA9twmBOChE/s759/ajuste_parafuso_piloto.jpg

      ABR

      Edgar

      Eliminar
  4. Boas!
    O post já tem uns tempos...mas agradeço, Porque deu-me jeito *.*
    Continuação de umas boas voltas!! Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Guerra
      é bom saber disso :)
      OBR pela visita e pelo comentário :)

      ABR
      Edgar

      Eliminar
  5. O meu está a volta dos 1.4-1500rpm , mas em dias de muito calor e andar mais devagar(transito na cidade) tem tendencia a subir o relantim para as 2mil.
    Entretanto vou ao mecanizo , questionar esta situação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas
      a XT600E dum Amigo meu teve esse problema,
      e resolvemos isso com um reajuste do parafuso piloto do carburador principal...
      ou seja:
      ajustávamos o relantim quando ela estava quente, e depois de o motor arrefecer ela não se aguentava a relantim...
      Mas resolvemos isso com um pequeno ajuste.
      podes ver esse episódio aqui neste link
      http://www.clubextportugal.com/t3000-revisao-geral-dos-25-000-kms-xt600e
      e na ultima pagina desse link aparece a solução...
      Boa-sorte
      OBR pela visita e pelo comentário
      ABR (Edgar)

      Eliminar
    2. Consegue-me identificar qual é o parafuso que se deve apertar?
      Ao apertar o dito ira baixar o relantim?

      Eliminar
    3. EDIT DE CIMA :
      Estive a ver melhor e ja vi onde fica o tal parafuso, mas o problema que descreves é diferente ao meu , o meu é depois de quentinha e andar no transito ela fica com o relantim nas 2mil rpm e nao baixa. Nao sei se esse parafuso tem a ver com isso.
      ( a minha também é azul e tem 11mil km)
      Obrigado , abraço

      Eliminar
    4. Boas...
      mas era a mesma situação
      ou seja, depois de quente ela ficava com a rotação muito alta...
      e em circunstancias normais, depois de quente deve é baixar a ligeiramente a rotação.

      Ao dar-mos mais gasolina naquele ajuste que serve só para quando ela está a relantim, Neste AQUI:
      https://lh5.googleusercontent.com/-6iG8vik8LwY/TuuFCOOBBBI/AAAAAAAAGzQ/oA9twmBOChE/s759/ajuste_parafuso_piloto.jpg ,

      ...depois tivemos de lhe baixar o relantim no parafuso de ajuste normal.

      e ficou tudo OK... actualmente e passado uns anos continua OK

      boa sorte com isso
      ABR (Edgar)

      Eliminar
    5. Portante o ajuste, é feito da seguinte forma, aperta-se totalmente o parafuso ,e depois desaperto duas voltas e meia?
      Cumprimentos

      Eliminar
    6. Boas...
      de fabrica, ou o ajuste de fabrica ou de origem é UMA VOLTA E MEIA, ou de UMA VOLTA ATÉ DUAS VOLTAS.
      EXEMPLO: https://lh5.googleusercontent.com/-6iG8vik8LwY/TuuFCOOBBBI/AAAAAAAAGzQ/oA9twmBOChE/s759/ajuste_parafuso_piloto.jpg

      ABR (Edgar)

      Eliminar
    7. Mas a duvida é se aperto o parafuso totalmente e depois desaperto com UMA VOLTA E MEIA, ou de UMA VOLTA ATÉ DUAS VOLTAS.
      OU
      acento o parafusos na rosca e aperto UMA VOLTA E MEIA, ou de UMA VOLTA ATÉ DUAS VOLTAS.

      Eliminar
    8. Aperta-se o parafuso até ele chegar ao final da rosca...
      e depois desaperta-se contando as voltas...
      como diz em Português do Brasil nesta imagem https://lh5.googleusercontent.com/-6iG8vik8LwY/TuuFCOOBBBI/AAAAAAAAGzQ/oA9twmBOChE/s759/ajuste_parafuso_piloto.jpg

      ABR

      Eliminar
    9. Ok, foi isso que fiz a pouco , registado o mesmo comportamento de 1volta, 1 volta e meia ou duas. Por isso deixei com apenas uma volta.
      Vou ver é mais logo assim que motor tiver frio o comportamento a pegar a frio.
      Ja agora outra pregunta, assim que ligas o motor a frio , quanto tempo após é que cortas o ar?

      Eliminar
    10. Boas...
      normalmente e em situações normais deve ser entre 15 segundos e 30,
      ainda esta noite ela esteve na rua ao relento e pelas 7 da manhã deu ao start com o ar puxado e não foi mais que 20 segundos... mas se tivesse dado só 10 segundos seria talvez suficiente...
      Normalmente é o tempo de calçar as luvas ou fechar o blusão ou apertar o capacete... faço uma dessas tarefas e progressivamente vou empurrando o botão do ar... e se ela se aguentar não paro de empurrar o botão do ar...

      Conheço alguns casos em que no parafuso da mistura se teve que dar 4 ou 5 voltas para ficar OK

      ABR

      Eliminar
  6. Qual é a função deve parafuso? ao apertar ou desapertar que deve acontecer?
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao desapertar metemos mais gasolina quando o motor está a relantim...
      Esse parafuso é na realidade um gigler
      ver imagem: https://goo.gl/photos/dvewQo9WRWocaH8k9

      Acontece que nalgumas motas, por estarem paradas muito tempo, a gasolina evapora ou deteriora-se e deixa restos de sei lá o quê, e entope ou dificulta a passagem de gasolina nesta zona...
      E resolve-se o problema dando mais espaço para ela passar...
      Basicamente ao aumentar-mos o numero de voltas vamos ao encontro do mesmo volume de gasolina que tínhamos com uma volta ou duas...

      Basicamente é isso...

      EMBORA ESTE TUTORIAL SEJA SOBRE O AJUSTE DO RELANTIM...
      ESTE PARAFUSO (GIGLER) NÃO TEM NADA HAVER COM O AJUSTE DO MESMO EM CIRCUNSTANCIAS NORMAIS...

      ABR (Edgar)

      Eliminar
  7. Boa tarde. A minha XT está com um problema, quando desacelera faz uns rateres e ao relantin não tem a rotação equilibrada. Foram trocadas as falanges e foi feita uma limpeza ao carburador, ainda assim, continua com os mesmos sintomas.

    ResponderEliminar
  8. Já verifiquei a ficha de ligação ao CDI, e parece tudo OK, falta medir a resistência da bobina. A mota na semana passada, até se parou em andamento e não quis pegar logo, tive que esperar alguns minutos e só depois pegou, mas com os mesmos sintomas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas
      verifica se a vela está OK, é adequada e tem a folga correcta...
      Mas algo me diz que tens um problema de energia para alimentar o motor... ou seja: O motor para fazer a ignição necessita de uns 4 ou 5 Amperes apenas para a faisca da vela a meia rotação; Se tiveres um mau contacto em algures (fusivel de 20A / canhão de ignição / fichas do canhão de ignição / etc etc) isso pode ser a causa...
      Esse problema acontecia por vezes nas XTs anteriores a 1995 devido a terem um fusível de vidro, que se tornava num ponto fraco ao fim duns bons anos...
      Por isso apostava em procurar pelo mau contacto...

      Boa sorte
      ABR (Edgar)

      Eliminar
    2. Boa noite Sr Edgar. Muito obrigado. Irei verificar então esses pontos.

      Eliminar
    3. Esqueci-me de indicar que a minha XT é de 1994...

      Eliminar
    4. O fusível de vidro encontra-se junto da bateria?

      Eliminar
    5. Sim fica algures entre a bateria e o relé de arranque
      salvo erro

      Eliminar