Inicio | | Viagens | | Voltinhas | | Manutenção | | TUGATECH | | História da XT |  VELA 

quinta-feira

Serra da Estrela e Arredores

Era Julho e eu tinha tirado uns dias de ferias para rumar a Concentração de Faro, mas a ultima da hora resolvi fazer diferente e troquei o sul pelo norte... 

O plano era simples: 
vadiar durante 4 dias e 3 noites; 
gastar o menos possível... andar pela Serra da Estrela e arredores... 
ir pelo interior e voltar pelo litoral... 
mandar uns mergulhos quando tivesse calor... 
e descobrir locais novos... 

Com umas coizitas na mochila,  e com a mota leve e sem muita carga , lá fui eu...




Chegada a Belver

A paisagem que se tem acesso de Belver é magnifica... 
O Rio Tejo tem uma cor Azul que surpreende pela sua beleza... 
eu vivo na margem sul e estou habituado a vê-lo todos os dias, mas nunca o tinha visto com este azul tão vivo... 






Rumei direitinho a Aldeia de Monsanto 
mas acabei perdido para os lados de Castelo Branco... 
por alguma razão, perco-me sempre em Castelo Branco... é daqueles locais que me vejo sempre grego para atravessar...mas lá encontrei a N233, que me levou ao Património da UNESCO, 
Aldeia mais típica de Portugal... 

Aldeia de Monsanto... 




É simplesmente espectacular... 
As casas estão de tal forma inseridas na paisagem que é de loucos... 
Algumas casas parecem ninhos de andorinha agarradas ou penduradas nas rochas; 
as ruas só servem de acesso aos piões e para 80% ou mais das habitações e impossível estacionar um carro a porta... 
Não há antenas ou cabos eléctricos á vista, e parece que recuamos no tempo... 









Eu tentei andar com XT e acabei por ter quase um episódio triste... fiquei preso numa rua onde não conseguia avançar, e nem fazer inversão de marcha... 
O piso estava seco mas super escorregadio devido á calçada e á inclinação... A única forma de parar a XT na subida foi o travão da frente a fundo, motor engatado e desligado e descanso no chão... Tive que a tirar quase ao cólinho... e acabei rebentado de cansaço, stressado, e todo soado... 

A visita que fiz à Aldeia de Monsanto, soube-me a pouco; a aldeia merece pelo menos uma visita de umas 3 ou 4 horas...
Eu só tive 1 hora e pouco em Monsanto e antes de seguir caminho, prometi a mim mesmo voltar lá, mas com mais tempo...


Depois de jantar no MacHambúrguer  da Covilhã, resolvi ir conhecer a Torre, e por volta dos 1500 Metros fiquei ao nível das nuvens... 




Cheguei a Torre perto das 21 Horas... 
fazia um ventinho forte, que fazia baixar a temperatura... 
e por momentos ainda pensei: que raio estamos em fins de Julho e aqui está um briol do caraças...

Estava tudo fechado... 
o ponto mais alto de Portugal Continental era todo nosso...
porque só lá estava eu e a XT... 




Ver o por do sol por cima das nuvens, fez esquecer o vento... 

era LINDO... 




Não era todos os dias que podia presenciar um por-do-sol destes...

e...Fiquei por aqui a admirar esta vista, esta imagem fantástica e viva... 




Saí da Torre em direcção a Seia já de noite, e pelo caminho encontrei duas vacas no meio da estrada que me obrigaram a parar;
as vacas estavam entrincheiradas entre os rails e uma ribanceira com caneco... 

elas não tinham para onde ir, sem ser a estrada... e com "barulho" da XT ficaram malucas, corriam desalmadamente pela estrada fora como se fossem carros... 
não tive outra alternativa se não parar... elas acalmaram-se, e eu continuei o caminho... 
Por volta das 22H e tal cheguei a Seia... atestei o deposito e fui a procura do Parque de Campismo a "Toca da Raposa"... 
Não foi difícil encontra-lo, e por volta da meia noite estava a dar entrada no parque... 


É o parque de campismo mais simpático e agradável que vi... 
é gerido por uma família de holandeses ou belgas, 
as instalações são simples mas muito funcionais; 
O parque é muito conhecido além fronteiras, e estavam lá acampados umas 10 motos, e uns 15 viajantes... eu era o único Português... 




Só é permitida a entrada de motos no parque de campismo; para os enlatados existe um parque de estacionamento á entrada, e tem um carro de mão para ajudar a transportar malas e tendas... 




A HD é dum inglês reformado que tomou o pequeno almoço comigo e estava de saída, depois de 10 dias na toca da raposa... 




Vale do Rossim




do Rossim para Manteigas... 




Vale Glaciar do Zêzere... 
Estas fotos foram tiradas num dos caminhos de terra batida que existem do Poço do Inferno para o Covão da Ametade... 
São percursos fáceis e divertidos de fazer... 






Encontrei um grupo de Ingleses com quem tive o prazer de acompanhar e servir de guia por algumas horas... 
estes 3 viajantes eram de Londres e tinham vindo de ferry até Espanha e era o seu 2º dia de viagem; Um deles tinha uma velhinha mas impecável XJ 600 de 1994... 




Cabeça da Velha (é mais espectacular ao vivo) 






Cabeça da Velha doutro ângulo...




Aldeia Vasco Esteves de Cima... 
Aqui nesta aldeia encontrei quase por acaso uma família Amiga que me deu Jantar...
"Obrigada dona Lena o jantar estava fora de serie" 

Esta foto foi tirada sentado à mesa na varanda da casa da dona Lena, antes de começar a jantar...
Melhor que um Hotel de 5 estrelas...

 


Despedi-me da Toca da Raposa, e segui caminho mas desta vez há descoberta...
Comecei a andar sem ter nada planeado, e já nem olhava para o mapa...
Simplesmente só queria andar.... 




Eu vivo na Moita (Setúbal) e encontrar uma placa da Moita a mais de 300Kms da minha Moita; merecia uma foto... 






Caldas de São Paulo 
Local fantástico que encontrei por acaso... 
Tem um pequeno parque de campismo com balneários e o acampamento é grátis... ou pelo menos acho que é grátis, pois ninguém me pediu nada (e também não havia ninguém a quem perguntar) e eu segui caminho...




Paragem em Góis, para almoçar, beber café e refrescar o corpo... 








De Góis até casa não tem muita historia... 

No total foram feitos 1020 Kms, sem problemas, azares, ou sustos... 
A XT bebeu cerca de 5 Litros aos 100, ou talvez menos... 
eu Gastei menos de 150€... 
e para o próximo verão há mais... Se eu quiser e a minha Maria deixar... 




6 comentários:

  1. Serão seguramente para ti, momentos inesquecíveis.
    Parabéns pelas fotos e obrigado pela partilha

    Carlos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carlos

      sim... sim...
      é difícil ficar indiferente à Serra da Estrela
      eu é que devo agradecer a visita e o simpático comentário

      OBR e ABR
      Edagr

      Eliminar
  2. Another good story with good photo

    ResponderEliminar
  3. Blog fantástico! Portugal precisa de mais pessoas assim! Obrigada por partilhar connosco :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas...
      Obrigado :)
      e Obrigado pela visita e pelo comentário :)
      ABR (Edgar)

      Eliminar