quarta-feira

D.I.Y.

Do It Yourself      Hágalo Usted Mismo       Faites-le Vous-Même     Tun Sie es Selbst

Arregaça AMangas... Faça Você Mesmo... e Faça Bem Feito...  
de preferência à primeira!!... 


Não basta gostar de viajar ou Vadiar... 
devemos (dentro das nossas capacidades) ser auto-suficientes;
...a melhor forma de conhecermos a nossa mota, é trabalhar-mos nela !!
Um Vadio sem conhecimentos mínimos de manutenção, pode ver a sua viagem ir por agua a baixo devido a um pequeno problema...
Conseguir fazer uma triagem /resolver /prever um problema pode fazer toda a diferença; 

Aqui podemos encontrar alguns TUTORIAIS que podem ser úteis:







Tutoriais em construção... 
(sempre que temos algo de novo) 








112 comentários:

  1. Boas, uma perguntinha ao mestre ;)
    Dá para tirar os colectores sem mover o motor? É que queria tirá-los para pintar e ao olhar para lá vi que com o tubo do quadro onde circula o óleo do motor mesmo à frente não deverá ser fácil, isto é se realmente der desta forma assim tão mais simples... A minha moto é XT 600E 3TB de 1990.
    Obg

    ResponderEliminar
  2. Ola Paulo
    sim dá para tirar os colectores...
    se reparares bem tens uma espécie de amolgadela no tubo do quadro para permitir a gente colocar uma chave sextavada interior 6mm... ;)

    e vou mais longe na resposta... é possível retirar os colectores na XT600E 3TB e até se pode trocar o piston ou os segmentos e todo o cilindro sem retirar o motor ;)

    Eu postei 4 fotos temporariamente para te mostrar que é possível ;)
    dentro de alguns dias apago as fotos...

    ABR

    ResponderEliminar
  3. meu e-mail pernambuco-pe-123@hotmail.com

    ResponderEliminar
  4. Gostei muito do seu blogue... para quem conhece as xt 600 vê que está completo e bem organizado..dá gosto ler.
    O que me levou a encontrar o seu blogue foi um problema que tenho na minha xt 600 E de 1998 (18000km).
    Não ando muitas vezes com ela (2 a 3 vezes/ mês) e tenho imensa dificuldade em colocar a trabalhar a frio mesmo com o botão do ar aberto. Depois de pegar faço alguns kilometros desligo ... e pega sempre é só a frio.
    Já troquei a vela...continua na mesma.
    Tendo em conta a sua larga experiência e gosto que tem por esta mota mitica, aguardo uma dica para este meu problema.
    Abraço
    Rui Dias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rui

      OBR pelo visita e pelo comentário...

      Eu arriscava dizer que tens de ajustar o parafuso da mistura...
      Se trocaste a vela por uma adequada e com a folga correcta, e tens as falanges em bom estado... principalmente a falange do carburador principal...
      ...então resta-nos verificar o parafuso da mistura (parafuso piloto)...
      O parafuso da mistura (ou parafuso piloto) vem com um ajuste padrão de "uma volta e meia" mas por vezes o carburador ganha resíduos devido a longas paragens...
      ou seja a gasolina evapora e deixa resíduos que entopem esta zona do carburador...
      Não é possível limpar com ar comprimido... e a solução é darmos mais uma ou duas voltas nesse parafuso (passa de 1,5 para umas 3 ou 4 voltas) ou então usamos um produto (solvente) para limpeza de carburadores nessa zona...

      Mas antes de usar solventes... experimentamos a resolver esse problema mexendo nessa afinação... é fácil e acessível e rapidamente repomos tudo como estava se não resultar...

      Eu postei uma foto desse ajuste no final deste tópico...

      Boa-sorte
      ABR

      Edgar

      Eliminar
    2. Olá Edgar.
      Obrigado por todo o teu trabalho a bem desta maravilhosa máquina que é a XT600E.
      Tenho 1 de 1997 que me está a dar problemas. Tem o ralenti instável. Tenho de andar muito tempo com o ar puxado, mesmo depois de já ter andado na moto nesse dia. Com chuva vai a baixo e não pega (ou pega e anda alguns metros). Já mudei a vela, as flanges de admissão e o mecânico detectou (a custo) 1 fio descarnado mas a menina voltou a ir a baixo com a chuva. Estou tentado a voltar a por a ponta do escape mas custa-me a crer que seja daí. Vou afinar o parafuso da mistura penso que vai ajudar. Tens mais alguma sugestão? Estranho que ela se vá abaixo quando estou em baixa rotação, às vezes quando dou 1 aceleradela. Noto que quando tiro o ar passa a fazer rateres sempre que desacelero (ela não fazia isso, só quando estava a entrar na reserva, por isso penso que mexer na mistura vai ajudar). Obrigado amigo pela atenção.

      Eliminar
    3. Olá António
      Deixa-me começar por dizer, que não sou mecânico...
      ou seja, aquilo que escrevo deve ser visto que é apenas uma opinião de alguém que está à distancia e não está a ver a Mota... e ela pode ter alterações a nível de filtro de ar, escape, etc etc... e tudo o que escrevo é baseado no que aprendi com a minha XT e com outras XTs de Amigos.

      Mas começava por ajustar o relantim: http://vadiodaxt.blogspot.pt/2012/05/ajuste-do-relantim.html
      e talvez esse problema de ela ter que andar com o ar puxado termina-se. Se não fosse problema derivado do relantim estar muito baixo, ajustava ou dava umas 2 voltas a desapertar no parafuso piloto da mistura do relantim e testava...

      Sobre ela não querer andar em dias de chuva, arrisco dizer que deves ter a roda traseira a projectar agua para o CDI (TCI), coisa muito comum quando se tira na totalidade o bacalhau (plástico que suporta luz matricula e etc)...
      O CDI, ou melhor, a fichas do CDI, dão-se muito mal com a humidade, e se for agua projectada pelo pneu, ainda pior...

      MAS tudo não passa de especulação da minha parte...
      pois se eu estivesse aí ao lado dela, com certeza que tudo seria mais fácil, e até à data, não houve XT600E que não fica-se a bulir sem espinhas ;)

      Mas na realidade pode ser muita coisa, desde um simples mau contacto eléctrico...

      Vai dando noticias... :/
      ABRAÇO e boa sorte com isso
      e OBRIGADA pela visita ao blog :) (Edgar)

      Eliminar
  5. boas

    alguem sabe se da para colocar a jante de tras da xtz 750 na xt 600?

    obg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas...

      a jante da XT600E é de 2.50
      a jante da XTZ750 Super Tenere é de 3.00

      Salvo erro, a malta que faz alterações da XT600E para supermotard utilizam até 4.25 de jante para montarem pneus radiais de 160/60/17

      ou seja... dá para montar na XT600E e depois talvez tenhas que usar pneus 130 ou 140 em vez dos 120 de origem

      - Agora há a questão dos cubos... se são ou não compatíveis de uma para outra... (penso que não)
      - e se vamos aproveitar só a jante para montar num cubo da XT600... e se utiliza o mesmo numero de raios e se pode ser feito?? (não sei...)

      ABR

      Eliminar
  6. boa tarde amigo
    acabo de comprar uma xt600, adoro o modelo e já andava há algum tempo á procura de um "bom negócio"..no entanto a minha experiencia a nivél de motas é pouquíssima..a mota tem algumas alterações (jantes super motard, escape pulsar, não tem indicador de velocidade, conta kms..etc)mas a nivél de mecânica foi me dada garantia de um ano...a minha duvida é em relação á ateração no escape..poderá este ser prejudicial ao motor???

    luis santos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Luís
      Eu talvez não seja a melhor pessoa para comentar sobre escapos...
      porque sou adepto das peças genuínas ou que foram feitas e estudadas para o modelo em causa... e acredito que só desta forma podemos garantir a saúde a longo prazo do motor...

      A marca nacional "Pulsar" é uma marca que para a XT se limita a fazer uns tubos que depois lhes dá o nome de escapo...

      Se queremos por uma ponteira na XT600E temos o ARROW Paris Dakar...
      esse Arrow foi desenvolvido e estudado para a XT...
      Existe outros escapos (leo vince, etc etc) que foram feitos de prepositivo para a XT... mas tem que ser um modelo que seja mesmo para a XT600E e não existe escapos universais...

      Esta é a minha opinião...
      o de origem é bom (embora pese uns 6KG)
      o Arrow é excelente (pesa 3KG e dura uma vida porque é de inox)
      e ambos os escapos passam numa possível inspecção do IPO (se juntarmos o certificado que a arrow disponibiliza)

      Opinião pessoal...
      ABR
      OBR pela visita...

      PS: Mas podes registar-te no Forum www.clubeXTportugal.com e pedir lá a opinião à malta ;)

      Eliminar
  7. Olá Mestre Edgar
    Na minha XT600E (3TB) de 95, mas modelo de 94, com as pressões de 1.5 à frente e 2.00 atrás parece que sinto a mota insegura (ou menos segura) na cidade. Gosto de andar com 2.00 à frente e 2.5 atrás. Estarei a exagerar?
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Luís
      eu sempre usei 1,5 na frente e de 1,5~2,2 a trás
      é o que o manual ou fabricante recomenda...
      acima ou abaixo disso, começa a deformar o pneu com desgaste irregular, e retira-lhe a performance...
      (palavras do fabricante)
      Por acaso estou a escrever um Tutorial sobre a pressão dos pneus...
      ainda esta semana devo postar isso...

      ABR
      OBR pela visita :)

      Eliminar
    2. Olá novamente Luís
      postei um novo tópico sobre a pressão dos pneus...
      e pode ser visto em:
      - Manutenção
      com o titulo "Pressão dos pneus"
      ABR

      Eliminar
    3. Ola, Vadio da XT!! Sou quase iniciado nas motas e até ha pouco tive uma AJP 200 enduro, que ja vendi. Era porreira em estradões mas fraca para viagens e ligaçoes por estrada. Procuro uma mota mais polivalente, menos "enduro", mais trail, e estava tentado a uma Honda NX4 devido a ser muito polivalente e nao ser dificil de controlar (tenho pouca experiencia), mas agora ao ler este teu fantástico Blog estou tentado a uma XT 600 E...
      Que achas? Que cuidados me aconselhas na compra? Será muito alta para a minha altura (tenho 1,75) ? Agradeço ajuda da tua larga experiencia, abr.

      Eliminar
    4. Olá Rui
      eu já tinha respondido a um comentário teu noutro topico
      http://vadiodaxt.blogspot.pt/2014/05/conquixta-da-baia-dos-lagosteiros.html

      Mas eu não sou a melhor pessoa para dar essa sugestão
      porque, sou um adepto incondicional da XT, e facilmente falo mais com o coração do que com a razão (percebes onde quero chegar?)
      Talvez pensa-se em equacionar uma TT600R , DR650 ou uma XR400
      mas ao certo... nem sei !! e em caso de duvida (e pessoalmente) optava por uma TT600R com um deposito da Acerbis
      A NX4 eu mal conheço...

      Uma coisa que eu sempre defendi e acredito ser um bom principio para um possível negocio, é comprar o mais original possível, e se já tiver alterações do tipo escape universal, e coisas como micas alteradas e tal... é sinal de um possíveis problemas eléctricos, uso desmiolado ou sei lá eheheh

      OBR pela visita
      ABR (Edgar)

      Eliminar
  8. Boas, antes de mais parabéns por o magnífico trabalho do blog.
    Sou novo nesta área da XT, mas adquiri uma xt600 de 94, ainda original, mas tenho a seguinte questão, as jantes normais podem levar pneus de pista e ficar super motard ? Ou tenho que adqirir outras jantes ? Agradecia a vossa ajuda. Obrigado

    ResponderEliminar
  9. Boas amigo, uma grande ajuda era um tutorial sobre afinação completa do carburador, eu nop meu caso vou ter mesmo de afinar o meu, pois tenho o gicle do relantim muito pequeno e tenho que ter o parafuso de afinação quase todo desapertado o que devia no maximo ter 3 voltas, e o de alto muito largo pois a mota ao corte faz-me fumo preto, grande a braºo e continuação de um optimo trabalho ;)

    Muito util o seu blog 5*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá André
      Felizmente nunca toquei no carburador da minha XT...
      porque simplesmente nunca tive necessidade de lhe tocar.
      A minha primeira XT, que era uma 350cc, eu fiz nela 97 mil km sem nunca mexer, ou abrir os carburadores...
      Nunca foi necessário, tirando uma vez que tive de trocar as falanges de admissão...

      Na minha XT600E que está com 90 mil kms também não tem nada de errado com os carburadores, e estão tal e qual como foram montados na Yamaha...
      Até as falanges de admissão ainda são as de origem...

      Onde eu quero chegar com esta escrita toda :) eheheh
      Apenas posso escrever Tutoriais de aquilo que tive necessidade de fazer na mota...

      Mas também diga-se de passagem que eu de carburadores pouco percebo, alem de substituir velho por novo.
      Lamento não poder ajudar :( ou pelo menos por agora :/

      Um grande OBRIGADA pela tua visita
      e pelo teu simpático comentário...
      ABRAÇO (Edgar)

      Eliminar
  10. Boas Edgar, desde já PARABENS pelo o blog.
    Comprei agora a minha primeira XT600E 3TB de 1997 ;-) e, sem saber, já me ajudaste muito :-)
    Acho que deves continuar o excelente trabalho.

    Tenho umas duvidas onde comprar as peças, tu costumas comprar em algum site ou loja especifica.
    Que tipo de peças é que achas que podemos comprar, ou não, da concorrencia.

    Cumprimentos Filipe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Filipe
      Eu compro quase sempre tudo na Yamaha, ex: filtros, pastilhas de travão.
      embora aja coisas que não, como pneus e óleo de motor...

      e de resto nunca precisei de comprar coisas para ela
      até à data tenho gastado sempre kits de transmissão de origem, e estou a pensar em trocar a DID/Sunstar (de origem) pela RK/JT
      mas até esse material da concorrência se compra a na Yamaha ou numa casa da Honda, por exemplo...

      O oleo de travão e suspensão também compro da Yamalube
      e de motor da Motul 5100 15W50 e este compro no site da Motorxpro do Paulo Lança de Beja

      Se poder ajudar em algo, diz...

      ABR e OBR pela visita
      (Edgar)

      Eliminar
    2. Basicamente a lista de coisas que tive de comprar, foi muito curta.
      a regra que uso para coisas da concorrência, é procurar algo que seja sempre "made in Japan".

      Por exemplo, já tive que comprar retentores para a suspensão da frente e comprei na Honda e da marca TourMax, ou seja são os da Yamaha originais...

      Vela para o motor também compro na Yamaha ou na Honda ou Suzuki
      pois aquilo é da NJK e basta ter a referencia certa

      e é mais ou menos assim :)

      Eliminar
  11. Ok obrigado. Já ando a fazer uma pesquisa... Há coisas que só mesmo na Yamaha...
    Continua o blog. Eu virei cá sempre para ver as novidades :-D

    ResponderEliminar
  12. Só mais uma coisa... O antigo dono da mota andou a inventar na cablagem :-/ terminais cortados, fita aqui e ali, cabos cortados... em fim, uma cena maligna :-D
    Com paciência jeitinho e o esquema eléctrico lá consegui ligar tudo, mas utilizei dados de junção.

    O que eu gostava de pedir era se tens ou podias enviar fotos dos terminais da mica (farol,interruptores,etc) e também a zona da bateria onde tem o rele de arranque, rele pisca, aquele fusível que vai num cabo separado.
    Seria uma grande ajuda para eu poder organizar melhor aquilo e tentar comprar os terminais correctos.

    Ajuda-me 8-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora bolas :/
      teria que desmontar algumas coisas para ter acesso as fichas :/
      e ainda por cima estou sem tempo neste momento
      MAS pode-se contornar a situação doutra forma...
      O esquema eléctrico diz quantos pinos tem cada ficha e para os respectivos fios
      EXEMPLO: http://oi64.tinypic.com/xlcac8.jpg (fichas do CDI)

      mas com tempo, terá que ser noutra altura, posso tirar umas fotos
      ABR

      Eliminar
  13. Eu compreendo! também não queria abusar :-) Mas podia ser que já tivesses tirado algumas fotos de um projecto que tivesses feito.
    O problema não são o numero de pinos, mas sim o tipo de terminal.
    Encontrei estes sites que vendem terminais, mas é complicado de ter a certeza qual é o correcto.
    Já agora, para quem tiver interessado, deixo aqui o link dos sites:
    www.cycleterminal.com
    www.yamahaofharrison.com
    www.easternbeaver.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Filipe
      Eu só consegui abrir um dos links :(
      mas tirei umas fotos das fichas
      Álbum do Picasa: https://goo.gl/photos/k23Ervirmvmh7hpf9

      Esta é a ficha dos manómetros (salvo erro ou só do RPM, ou dos dois)
      - https://goo.gl/photos/UMeNcReyxroLetHV9
      - https://goo.gl/photos/EwLbx1HZyxVSUdU67

      Para os piscas é coisa simples, e são fichas individuais:
      - https://goo.gl/photos/BPCvfMSePZ4gv1EDA

      Esta verde é da manete da embraiagem (dois pinos)
      - https://goo.gl/photos/8LZyB2gLw34NumWA7

      Esta ficha azul (salvo erro) é a principal, com 9 pinos
      - https://goo.gl/photos/JSQCHZUTAT8v1q44A
      - https://goo.gl/photos/4ha3DgeJEeMsp2zx5

      Para a lâmpada, é uma simples fixa auto que se vende para os carros que usam lâmpadas H4


      ABR (Edgar)

      Eliminar
  14. Muito obrigado Edgar :-D És uma maquina.
    Vai ajudar bastante.

    Cumprimentos Filipe

    ResponderEliminar
  15. Em relação aos sites seguem os links corretos:

    http://www.cycleterminal.com/
    http://www.yamahaofharrison.com/s/search/products/category/Electrical
    http://www.easternbeaver.com/Main/main.html

    Cá em Portugal a Motonews também vende alguma coisa
    http://www.motonews.pt/index.php?link=products.php&from=root&seccao=2266&page=1

    ResponderEliminar
  16. Olá!
    Em primeiro lugar, um elogio enorme para o trabalho que tem demonstrado neste blog. Poucos devem ser os locais/blogs/páginas que detêm um valor como este. Linguagem simples, directa, cordial e com conhecimento de causa.
    Estou, de momento, à procura de uma xt (na dúvida com uma ttr). Com orçamento limitado, tenho em vista uma de 98 com 25k. Quais são os cuidados que devo ter na verificação do bixo? de forma a não levar um barrete ;)...

    Obrigado!
    Cump.
    Ângelo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ângelo
      fiquei todo de "queixo caído" com o teu feedback
      Obrigada Ângelo :)

      A TTR é das minhas preferidas, mas peca pelo conforto, pela autonomia, e o que me fez desistir da TTR foi a ausência de sino-blocos na roda traseira... pois faço muito alcatrão no meu dia a dia.

      A XT600E com 25000 km deve ter algumas coisas para combinar com esses kms.
      Uma delas é:
      - o kit de transmissão original faz uns 30 mil km, ou perto disso.
      como tal quando elas têm 25 mil, o kit ou está perto do fim de vida ou está novo...
      se estiver no fim de vida ou perto disso... a cremalheira tem 8 furos
      ex: https://goo.gl/photos/6s6ytJZWHRWyNHBZ9
      Se ela tiver menos que 8 furos é porque não é de origem, e se não estiver nova, talvez os 25 mil sejam falsos...

      - Quanto mais original melhor, e o que tiver de ser alterado, que seja por nós..
      - Se não tiver bacalhau atrás, (coisa muito comum) pode ter andado com a roda a projectar agua e lamas para a parte eléctrica (TCI e rectificador)
      - Os discos, ou o disco da frente deve ter pouca cama...
      e o trás pode ter alguma, porque embora se trave menos com esse disco, ele às vezes está mais exposto a gorduras da corrente de transmissão.
      - depois é aquelas coisas normais, como numero do quadro se é igual aos dos documentos e tal...

      Há muita coisa a ter em atenção... e se postares aqui o link do anuncio (se ele existir) eu posso dizer algo sobre as fotos...

      ABR e Boas festas
      (Edgar)

      Eliminar
    2. Os anúncios são os seguintes:
      http://www.custojusto.pt/porto/motos/yamahaxt-600-21730157
      http://www.custojusto.pt/braga/motos/yamaha-xt-600-impecavel-com-25600-km-reais-20761876
      http://www.custojusto.pt/leiria/motos/yamaha-ttr-600-21653693

      A primeira creio que chegaria a um preço dentro do meu orçamento - 1500. A segunda era a preferida mas o vendedor não quer descer tanto. A ttr parece um bom negócio mas tinha de comprar "Às cegas" porque sou do norte e não dá muito jeito ir a Leiria só para ver a moto...

      Obrigado pela atenção!

      Abrç.

      Eliminar
    3. Bom... eu sou um esquisito do caraças
      e para meter defeitos sou do caraças :(
      - o 1º anuncio muita coisa está errada,
      o motor parece que foi substituído, pois esse modelo que saio em 1997 a 1999, conhecido pelo "VJ01" tem o cabo da embraiagem do lado direito. E na mota do anuncio o cabo da embraiagem é do lado esquerdo, ou seja é um motor da 3TB dos anos 1990 a 1995...
      tem ainda o sitio para levar o kick e a tampa do motor é muito diferente à tampa de 1998...
      exemplo, e compara as diferenças: http://i63.tinypic.com/212u6f9.jpg
      depois o banco já não tem a capa de origem, os raios parecem ser daqueles sem tempera, pois os raiso de origem custam mais que as jantes, os colectores da CRD são uma treta que só se aproveita o inox, e o escapo da Arrow embora seja o Paris Dakar que é para a XT600, já não tem a pilinha dele... o pedal do travão está torto e parece que vai levantar voo, e o veio da roda de trás está montado ao contrario e com o esticador da corrente num valor bastante alto que indica muito desgaste :( e etc etc

      Eliminar
    4. o 2º anuncio
      a cremalheira parece não ser de origem, e pelos furos parece ser uma JT com 8 furos também, e de origem elas têm da SunStar.
      O veio da roda de trás também está montado ao contrario, mas dai não vem mal ao mundo...
      O guarda lamas da frente não é de origem, falta-lhe os espelhos,e falta-lhe o bbacalhau e aquilo está muito mal enjorcado com aquela luz traseira e fixação da matricula... mas o problema é que a agua que salta da roda vai directo para o TCI e o rectificador...
      Normalmente quando se faz muitos kms à chuva, os colectores ficam cor de barro, e não é o caso...
      Aquele escapo eu não o queria nem dado, mas o homem também diz que tem o de origem...
      e de resto, nada a apontar... :)
      A TTR é a TTR, e é uma mota que adoece se for para andar sempre em alcatrão (porque sofre da caixa por falta de sino-blocos na cremalheira)...

      Eliminar
    5. Muito obrigado pela disponibilidade e atenção!
      Sempre a somar... :)
      Vou ponderar melhor então o investimento. Já agora, sem querer chatear muito, uma 3tb com mais anos em estado muito próximo do original, aconselha?

      Abrç e BOM ANO.

      Eliminar
    6. Boas...
      A XT600E 3TB é uma excelente maquina...
      as diferenças são poucas e tem prós e contras,
      Tem um motor mais rápido que a 4PT, com colectores mais directos, uma linha mais de enduro, etc etc...
      os contras, são insignificantes, e do tipo, falta o rpm, caixa de filtro de ar mais pequena, quadro traseiro é complementado pelo escape, disco de travão da frente uns (poucos) milímetros mais pequeno, rectificador sem dissipadores de calor, deposito com menos 3 litros (12L), e electricamente tem mais um relé que era dispensável...
      Mas é uma excelente maquina... excelente :)
      ABR

      Eliminar
    7. Olá Novamente.
      Após algumas verificações a xt's usadas à venda, constatei que as mais cuidadas e originais têm preços proibidos para mim...
      Verei-me para outro modelo que era paixão do passado, a TT 600. Posso dizer que sou o feliz proprietário de uma TT600E de 1998 :).
      Espero que o fantástico conteúdo sobre manutenção, que este blog possui, possa ser tb uma mais valia para os cuidados a ter com a minha nova montada!

      Obrigado por toda a ajuda e atenção!

      Abç

      Eliminar
    8. É uma bela Maquina :)
      com um motor de combate... da XT 3TB
      Parabéns... :)
      ABR (Edgar)

      Eliminar
    9. Olá Edgar! Gostaria de dar uma revisão geral à minha TT. De motor parece-me em condições, mas anseio ter tudo "de minha mão"... Tens algum site/ blog/ forum que conheças e que trate deste modelo? Já sei que a "substância" não vai ser a mesma do teu blog mas preciso de algum orientação... Já agora, as manutenções do teu motor poderão servir também para o meu modelo?
      Um abraço e desculpa a massada.
      João Ângelo

      Eliminar
    10. Boas
      só conheço um forum na Alemanha :/
      http://www.tt600r.eu/phpbb3/index.php

      neste forum é possível fazer (ou era possível) o download do manual da TTR e outras...
      e com o manual de serviço (que normalmente só está disponivel para as oficinas oficiais da marca) já se tem muitas dicas...

      As dicas da XT dão para algumas ou muitas coisas da TTR
      mas existe sempre diferenças :/

      ABR

      Eliminar
  17. Boas! Quero dar lhe os parabens pelo excelente blog que você tem aqui! Eu ando a procura de uma XT600 para comprar, ja tive varias motas mas em termos de XT600 sou um pouco leigo... Numa das varias pesquisas que tenho feito na net, encontrei o seu blog e ja estou a aprender qualquer coisa sobre a materia ;)
    Obrigado por partilhar toda esta informação e quando tiver alguma maquina em vista, venho ca dar noticias hehehe
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas...
      Muito obrigado pelo feedback, Cláudio :)
      e claro, obrigado pela visita :)
      ABR (Edgar)

      Eliminar
  18. Bom dia amigo! Como ja tinha dito no comentário anterior, andava a procura de uma xt 600... e ja comprei :) posso dizer que estou muito contente com a máquina! Sem querer chatear muito, gostava de te pedir uma informação... sei que meteste um escape arrow paris dakar na tua mota, eu andei a ver no ebay e encontrei dezenas deles, o problema é que na descrição dizem que so dao com os colectores arrow... sera verdade que o encaixe nao da, ou sao eles que querem vender colectores também? Hehehe se nao for pedir muito, manda me o link de onde mandaste vir o teu sff. Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas...
      Eu não comprei um ARROW
      foi um Amigo meu que comprou, e eu apenas o montei e testei na XT600E 4PT dele.
      Não foi necessário trocar os colectores, pois encaixaram na perfeição com os de origem.
      Também montei um Arrow Paris Dakar numa Tenere 660 de 1998 e também encaixou na perfeição.
      Montei também um Arrow numa XT600E de 2001 com uns colectores da K&N (salvo erro) e também encaixou no Arrow

      O link eu não tenho
      mas apenas sei que foi comprado no ebay de italia e o outro no olx

      ABR

      Eliminar
    2. Ok, eu pensei que tivesses montado na tua mota por causa de um vídeo que vi... obrigado, abraço

      Eliminar
    3. Pois... eu tenho 3 ou 4 vídeos no youtube com o Arrow numa XT 600E
      este é um deles: https://www.youtube.com/watch?v=CcXrG36zP9I
      e tenho outros uns com e outros sem "db killer"...
      mas sempre em motos de Amigos, pois a minha ainda tem o escapo de origem.
      Pessoalmente, prefiro o de origem, e enquanto ele estiver OK vai continuar.
      O de origem pesa 6 kg, enquanto que este da Arrow pesa metade.
      e tirando a diferença de peso, e esteticamente, não reconheço vantagens no Arrow...
      Mas se um dia o de origem der o bérro, compro um Arrow Paris Dakar :)
      ABR (Edgar)

      Eliminar
  19. Bom dia amigo! Como estas?
    Ja comprei um arrow paris dakar �� mas como comprei em segunda mão, nao tenho o certificado de homologação... sabes onde posso fazer o download desse documento?
    Outra pergunta, achas que o escape sem o db killer vai me trazer muitos "problemas"? Lol é que aquilo com o db killer faz um barulho muito fraco, ainda faz menos barulho que o de origem lol eu so tenho receio é de levar com "eles" ;)
    Grande abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cláudio
      em tempos tive um PDF com isso :(
      mas depois o PC foi-se e perdi tudo o que estava nele...

      e apenas tenho para a:
      XTZ 660 Téréré 3YF
      https://skydrive.live.com/?cid=b7a4c9bbfc63df4f&id=B7A4C9BBFC63DF4F%21251

      XTZ 750 Super Ténéré 3LD
      https://skydrive.live.com/?cid=b7a4c9bbfc63df4f&id=B7A4C9BBFC63DF4F%21250

      Mas isso existe, só não sei onde encontrar :(

      Uma coisa que se faz em Espanha e resulta é por no Arrow uma etiqueta com a "referencia" igual ao de origem e depois passa (ou passava) na inspecção ou numa operação stop... e essas etiquetas existem à venda no ebay

      Sobre o som ou falta dele... fizemos um db kiler intermédio
      e tenho esse db kiler na garagem... posso tirar as medidas e tirar-lhe umas fotos para te mostrar

      ABR

      Eliminar
    2. PS: Mas também há uns Arrow Paris Dakar que não são homologados
      ou há quem venda apenas os que não são homologados...
      Para a XT600 de kick tenho este exemplo de homologação:
      https://goo.gl/photos/ZSvde5cjpCv6wuV69
      mas para a 600E perdi isso :(

      Eliminar
  20. Boas Edgar. Desde já agradeço muito a tua disponibilidade para me ajudar... voltando ao assunto, eu sei que na pagina da arrow tem la um artigo a explicar como se pode obter o certificado. Eles dizem para mandar o modelo da mota, o ano de fabrico e principalmente o numero de homologação que vem no escape e eles enviam o certificado por mail... ora o meu problema ta ai, é que o meu nao tem nenhum numero escrito lol eu teria que arranjar um número de um escape específico para a minha mota e enviar para eles.
    A minha é uma DJ02 de 2000, tenho que encontrar o respetivo numero de homologação para este modelo.
    Vou procurar o tal autocolante com esse numero no ebay, tambem é uma boa alternativa, so souberes algum link manda me sff.
    Aqui no meu trabalho tenho uma maquina de marcar a lazer q faz qualquer tipo de letra e numero lolol se eu pudesse entrar com o escape aqui ja tava feito heheheh

    Quanto ao db killer se puderes envia me fotos que eu faço um igual sff
    O meu mail é claudio.carmo79@hotmail.com

    Mais uma vez muito obrigado amigo e um grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o db kiler que fizemos foi este:
      https://goo.gl/photos/RP1EiEb7mk65iffJ8

      o furo de 34mm que determina o som (barulho) foi escolhido usando uma lata de coca-cola... ou seja fizemos um "db liler" provisório para escolhermos o som que pretendíamos,
      e sugiro que faças o mesmo, pois podes fazer um com um furo menor para ficar ao teu agrado.

      Em Espanha eles davam como exemplo este link do ebay
      http://www.ebay.co.uk/itm/E1-BSAU-sticker-decal-MOT-EXHAUST-TAG-CAN-STAMP-MARKING-PLATE-ROAD-LEGAL-BSAU-/122343768522?hash=item1c7c41c1ca
      mas penso que não compensa devido aos portes de envio,
      e isto é muito fácil de se fazer tendo quem faça as letras no metal...

      PS: já começo a acreditar que na Arrow só estão a disponibilizar os certificados ou escapos homologados para XT600E anteriores a 1994,
      pois não concigo encontrar um certificado para as ultimas XT600 :(
      ABR

      Eliminar
  21. Boas! Ja vi a foto do db killer e parece me uma boa opção... vou fazer um tambem :) e ja encontrei um autocolante daqueles com os portes de envio mais em conta lol http://www.ebay.co.uk/itm/292020156910

    ResponderEliminar
  22. Edgar, gracias por compartir lo que sabes sobre esta estupenda moto. ¿Me podrías decir las herramientas que te llevas cuando vas de viaje? Gracias.

    Edgar, obrigado por compartilhar o que você sabe sobre este grande moto. Eu poderia dizer ferramentas que levá-lo quando você está viajando? Obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Holla :)
      Yo normalmente me echo muy poca herramienta
      porque siempre apuesto en un mantenimiento preventivo.

      - el kit de herramienta que viene en la XT,
      - dos llaves inglesas (una pequeña 4 '' y otro gran 8 '')
      (que en caso de caída, enderezar o pedales etcetera)
      - WD40 + spray cadena
      - Cámaras para llantas y dos pequeñas desmontar neumáticos
      - una bomba de aire de bicicleta
      - guantes de mecánico
      - una luz detrás y un fusible de 20A
      - muchas abrazaderas dentadas plásticos
      - un martillo pequeño (que nunca en la moto, sólo en la tienda)
      ___________________________________________________

      Eu costumo levar muito pouca ferramenta
      pois aposto sempre numa manutenção preventiva...

      - levo o kit que a XT tem de origem
      - levo duas chaves inglesas (uma pequena 4'' e outra grande 8'')
      (que serve para em caso de queda, endireitar os pedais ou etc)
      - WD40 + spray corrente
      - Câmaras de ar, e dois pequenos desmonta pneus
      - uma bomba de ar de biciclete
      - umas luvas de mecânico
      - Uma lâmpada traseira e um fusível de 20A
      - muitas braçadeiras de plástico
      - um martelo pequeno (que nunca fez falta, apenas para a tenda)

      Saludos :)
      y Gracias por su visita (Edgar)

      Eliminar
  23. Olá Edgar, surgiu-me um novo problema na xt600E de 1998, baixei a frente da xt e agora quando chego aos 120/130 km/h na autoestrada começa a varejar a mota toda que tenho que cortar gás porque fico mesmo instável, não mexi no guarda lama da frente está como de origem. O que pode ser? rolamentos das rodas? guarda lamas grande? alinhamento/ calibração do pneu?
    Obrigado
    Rui Dias

    ResponderEliminar
  24. Olá Edgar, surgiu-me um novo problema na xt600E de 1998, baixei a frente da xt e agora quando chego aos 120/130 km/h na autoestrada começa a varejar a mota toda que tenho que cortar gás porque fico mesmo instável, não mexi no guarda lama da frente está como de origem. O que pode ser? rolamentos das rodas? guarda lamas grande? alinhamento/ calibração do pneu?
    Obrigado
    Rui Dias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rui...
      Pois... isso já me aconteceu!!
      e digo-te uma coisa:
      - quase que ia desmontando a XT toda pecinha por pecinha à procura do problema... e nada :( simplesmente não encontrava a solução!!
      Desempenei a roda da frente, desmontei a coluna de direcção para ver o rolamento, procurei por folgas e folguinhas, e nada... o problema era do caraças e a solução estava longe de a encontrar!!
      ATÉ QUE CHEGA O DIA DE TROCAR O PNEU DE TRÁS !!!!!
      nem queria acreditar, o problema era originado pelo simples pneu de trás...
      (tinha montado um pneu 130/80/17 usado porque a guita estava curta)
      (e embora devesse ter montado um 120/90/17, não acredito que fosse esse o problema, o problema foi que a roda traseira estava demasiado descalibrada)

      MAS CADA CASO É (ou pode ser) UM CASO !!
      e o que aconteceu comigo, pode não estar a acontecer contigo...

      - começa por verificar se o veio da roda da frente está apertado e sem folga (lateral) nos casquilhos!!
      - verificar se o rolamento da direcção apresenta folga!!
      - verificar se o eixo do braço oscilante está desapertado (chave de caixa 22mm)
      - verificar os rolamentos das rodas (das duas) estão OK
      - e claro... (e talvez em primeiro lugar) se as rodas estão calibradas e os raios apertados "qb"

      Agora muito se fala do guarda-lamas da frente... mas acredito por experiência que nunca será um problema, ou comigo nunca me deu problemas e ando a fundo se varejar nada de nada...
      A fundo... conduzindo direito e de peito ao vento, com um guarda-lamas e XT totalmente de origem sem chatices ;)
      https://www.youtube.com/watch?v=Wfgy8Ixx6DM


      Boa-sorte com isso...
      Abraço e OBRIGADA pela visita ao Blog

      (PS: e não te esqueças que eu de mecânico, não tenho nada, sou apenas um teimoso que aprendo por tentativa e erro, e lá vou "levando a agua ao meu moinho" :) )

      Eliminar
  25. Olá Edgar,

    Embora nunca nos tenhamos conhecido, eu sinto que tens sido um grande amigo no que diz respeito ao mundo lições sobre vadiagem de XT=)!

    Desde Maio sou o feliz dono de uma XT600 de 2002! Sobre a vida passada da menina, sei muito pouco (apenas que os 14000Kms que contador indicava pareciam tudo menos reais!). No entanto, desde o dia que a comprei, já vão uns 8000 Kms, com algumas constipações fáceis de curar, sempre a contar com a preciosa ajuda do teu blog!

    Mas o intuito deste post, não era partilhar o passado, mas sim o futuro da menina. Inspirado pela aventura, estou quase a levá-la até ao Sul.. Sul, Agadir, lá para Marrocos, mais precisamente, durante 3 semaninhas a vadiar por lá na companhia de um grande amigo e a sua menina (Honda XR650 de 2002)!

    Como toda a preparação da viagem tem sido para mim desde sempre uma aventura, agora que me aproximo do início da jornada, estou numa aventura mais chata que é encontrar uma protecção de corrente para a menina! Os antigos donos, (adeptos das modificações..) decidiram retirar uma série de detalhes da mota (rabeira, protecção de corrente, piscas, etc), que agora me fazem falta!

    Inspirado pelo poder da Tugatech/Genéricos de confiança, conheces alguém /algum sítio na zona de Lisboa onde eu possa desenrascar a protecção de corrente? É que pais da menina (concessionários da yamaha) acham que este acessório de moda deve custar para cima de 200 elos..

    E se fosses tu, recomendavas alguma APP para o telemóvel para seguir tracks?

    Boas voltas (sejam elas de mota ou de barco!)
    1Abraço
    Miguel

    ResponderEliminar
  26. Boas Edgar. Sabes como tirar o depósito da XT600 3tb. Tirei o parafuso debaixo do banco e o depósito não sai. Parece que está aparafusado noutro lado qualquer mas não vejo onde. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá António

      Tirar o deposito da XT600 3TB, é igual ao da minha...
      Depois de tirar o banco para ter acesso ao tal parafuso com uma chave de 10mm,
      Depois de desencaixar-mos o tubo da gasolina,
      e facilita tirar aquele resguardo preto por cima da vareta do oleo...
      Basta levanta-lo (o deposito) ligeiramente para sair o encaixe onde tem o parafuso de fixação... e roda-lo ligeiramente da a esquerda e para a direita (andar com ele ligeiramente para os lados, uns 3cms para cada lado) ao mesmo tempo que se puxa o deposito para trás para ele sair...

      O deposito na frente é encaixado em duas borrachas e com os anos as borrachas fazem muito atrito...

      Vou procurar uma imagem para ajudar na descrição...

      Eliminar
    2. Ou seja ele na frente só está encaixado numas borrachas
      como a que está nesta foto...
      https://i62.servimg.com/u/f62/19/64/30/60/retira10.jpg

      levantar ligeiramente a traseira do deposito, abanar ligeiramente e puxar para trás...

      ABR

      Eliminar
  27. Olá Edgar e seguidores deste blog. Tenho vindo a seguir as histórias e as dicas aqui publicadas com muito agrado; o blog, além de ser uma excelente compilação de preciosos conhecimentos, tem também uma componente de diversão e companheirismo que não é fácil de encontrar noutros blogs que tenho visitado.
    Passo a presentar-me: Chamo-me Pedro e depois de alguns anos em "jejum" das motas de maior cilindrada, pois mantive sempre uma TW125, por motivos emocionais, o ano passado comprei uma XTZ660 de 1997, em razoável/bom estado.
    Tenho trabalhado nela e feito algumas melhorias mas agora deparei-me com um problema que não sei resolver - talvez me possas ajudar Edgar. Ontem pus a mota a aquecer e dei-me conta que com o indicador da temperatura a pouco mais de um terço do caminho, a ventoinha começou a trabalhar....ora bem, pela minha experiência está a arrancar demasiado cedo. De inicio pensei no termostáto do sistema de arrefecimento mas, tanto quanto sei, se assim fosse a temperatura deveria subir muito rápido ou até muito devagar e não sinto diferença aí. Parece-me estar a aquecer ao ritmo de sempre. Por outro lado, se fosse o termostáto a variar deveria manter-se aberto certo? Desconfio da thermo switch mas não sou grande entendido...Será possível dar-me uma ajuda?
    Obrigado Edgar pela plataforma que nos proporcionas para falarmos das nossas montadas :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Pedro
      Obrigada Amigo pelo feedback que me deixou "sem palavras" ou com dificuldade em orientar umas palavras para responder...

      Falando da Ténéré...
      Normalmente a ventoinha liga a 2/3 da faixa verde...
      e o que faz ligar e desligar a ventoinha é um termo-interruptor;
      e salvo erro existe um sensor que faz a leitura da temperatura;
      ou seja segundo sei (e necessita de confirmação) o que faz ligar a ventoinha é uma coisa e o que faz a leitura para o manómetro é outra.

      Então podemos ter uma leitura errada, ou o interruptor está a ligar cedo demais...
      Neste link na pagina 397 tens um pequeno tutorial como fazer o teste ao interruptor : https://pt.scribd.com/doc/27189022/Service-manual-for-Yamaha-Tenere-3YF

      O termostato mecânico que abre com a temperatura, normalmente quando falha é por abrir pouco ou tarde demais... não costuma falhar em abrir cedo demais... ou seja está habituado a trabalhar a meio curso e fica entre aspas "viciado" nesse posição e depois tem dificuldade em abrir totalmente... normalmente é isso que acontece, e eu esquecia o termostato por agora...

      Agora pode ser outras coisas... (mas não vale a pena a pena pensar no pior, ou divagar muito)
      Circuito entupido, bomba a fazer pouca pressão, pouca agua, ar ou muito ar no circuito... Nivel de oleo muito baixo e a fazer aquecer o motor cedo de mais... etc etc...

      Boa sorte
      ABR e OBR pela visita :)

      Eliminar
    2. Boas Edgar,
      Excelente Blog!!
      Adquiri recentemente uma XT 600E (namoro antigo), e na procura de informação para cuidar eu da menina, porque só assim sei o que realmente é feito/trocado, descobri o teu blog e fiquei maravilhado com tanta informação disponível para quem quer e gosta de fazer as manutenções.
      Tenho estado a fazer uma verificação pormenorizada do estado da xt e para além de querer trocar o óleo e filtro, verifiquei algumas situações para corrigir/trocar:
      - Filtro de ar, é dos laváveis, não gosto quero trocar por de origem.
      - Rolete de baixo da corrente precisa ser trocado, o de cima foi limpo e lubrificado esta ok.
      - O nivel do óleo estava acima do máximo, retirei algum e ficou a meio da nivel com motor frio ( vou verificando).
      - Óleo dos travões quero trocar, ja encomendei.
      - Tenho uma bainha da suspensão a começar a perder óleo, deve ter o retentor nas lonas, vou aproveitar para trocar o óleo das duas. Mas aqui é que esta a questão, de tanta informação disponível falta a que eu mais preciso para trocar o retentor. Faço-te as seguintes questões?
      É muito complicado fazer a troca dos retentores?
      Tens mais alguma informação disponível?
      Obrigado, continua a ajudar a ajudar a malta!
      Abraço.

      Eliminar
    3. Olá Luís
      sim tenho... e até tinha começado a escrever um post sobre isso,
      mas ainda não o acabei.
      Primeiro porque achei incompleto, e depois porque me faltava imagens para o completar...
      Até ao final da semana vou tentar acabar esse tutorial
      ABRAÇO

      Eliminar
    4. Ora aqui está o tutorial :)
      https://vadiodaxt.blogspot.com/2018/06/trocar-os-retentores-da-suspensao.html
      ABRAÇO

      Eliminar
  28. Olá Edgar
    Se tens essa informação e a poderes colocar aqui, muito te agradeço.
    É das correcções que pretendo fazer e que mais me preocupa de momento.
    Obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aqui está o tutorial :)
      https://vadiodaxt.blogspot.com/2018/06/trocar-os-retentores-da-suspensao.html
      ABRAÇO

      Eliminar
    2. Olá Edgar
      Muito obrigado pela partilha dessa informação, é uma preciosa ajuda para resolver o pequeno grande problema, da perda de óleo do retentor da suspensão. No entanto, ainda vou tentar o truque da limpeza dos retentores, caso não resolva é que parto para a troca do retentor. Mais uma vez obrigado
      Abraça

      Eliminar
  29. Boas
    Parece que vou ter mesmo que desmontar, subi o fole e retirei a mola, mas não vejo maneira de subir o guarda pó sem o danificar. Esta muito encaixado na concavidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu subi o meu depois de limpar o melhor que consegui à mangueirada com agua da torneira...
      depois um pouco de WD40 para lubrificar e com uma chave de fendas pequena de bornos, com muita paciência entre o guarda-pós e a jarra fui poxando o gajo...
      Se conseguir-mos descola-lo do aluminio com o tal plastico fino e com um pouco de wd40 talvez ajude...

      Também dá para tentar limpar sem retirar o guarda-pós
      se o retentor está a perder... pior também não vai ficar... eheheh

      ABR

      Eliminar
  30. Sim, foi isso mesmo que fiz e pensei, agora vou aguardar e ver se deu resultado.
    Obrigado pelas dicas.
    Abraço

    ResponderEliminar
  31. Boas, parece que afinal a tal limpeza tem resultado, até agora tenho a bainha seca :)

    ResponderEliminar
  32. Boa noite Vadio da xt, td bem ? Minha xt600 2001, da muitos estouros( pipocos ) MAS NÃO PEGA DE JEITO NENHUM. Fizemos um serviço na moto : troca de biela,(nova) retifica da camisa, pitão e aneis novos eixo de comando e corrente de comando novos, assentamento e regulagem de válvulas, limpeza e regulagem do carburador, POREM ELANÃO QUER FUNCIONAR, (PEGAR) PODERIA NOS DAR ALGUMAS DICAS ? MUITO OBRIGADO.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas...
      é difícil acertar num "dica" que resulte...
      mas começava por verificar que tem faisca forte na vela
      se tiver e chegar gasolina ao cilindro
      talvez tenho trocado o ciclo de admissão pelo de escape
      ou seja durante a montagem da distribuição talvez tenham posto as valvulas de escape a abrir quando deveria ser as de admissão
      Mas isto não passa de um palpite
      Boa sorte
      (Edgar)

      Eliminar
  33. Boa tarde
    Tenho XT 600 3tb de 1993, o conta rotações deixou de trabalhar (foi montado pelo anterior proprietário pois este modêlo não trazia) penso que é dos modêlos a seguir a 1995, pergunto se há algo a fazer para reparar (a bicha está inteira) ou se conhece alguém que venda usado.
    Obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Orlando

      Desculpa estar a responder 3 messes depois mas não tenho vindo há net,
      na realidade tirei umas ferias da net e do blog, mas estou de volta novamente eheheh

      Usado para venda eu não conheço... embora exista
      O que se pode fazer ou verificar é:
      ...a bicha nas duas pontas termina em quadrado, ou seja é "macho" nas duas pontas e encaixa no furo "fêmea" que também é um furo quadrado; então temos que garantir que as pontas estão quadradas e que os furos também...
      Pois poderá acontecer que algum lado devido a uma prisão na bicha o "quadrado" tenha passado a "redondo"

      mas poderá ser outra coisa...

      Obrigado pela visita
      e desculpa não respondido antes
      ABR (Edgar)

      Eliminar
  34. Olá.
    A minha menina foi roubada, apareceu maltratada, depois de uns tempos ainda caiu nas mãos de um mecânico duvidoso que só a desmontou e ficou com algum dinheiro que lhe dei. De qualquer das maneiras, estou eu sozinho a tentar reparâ-la agora, (n vai ser tarefa fácil, mas n sei se consigo voltar a confiar num mecânico). A minha dúvida é, onde se situa o fusível principal de 20A de uma XT600E 4PT de 2001?


    Aproveito para felicitar pelo excelente blog e agradeço desde já.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas...
      o Fusivel principal (ou o único fusível) está do lado esquerdo da bateria;
      ou seja, junto ao relé de arranque, e basta seguires o cabo vermelho (aquele grosso) que sai da bateria e vai ao rele de arranque...
      Atenção que deves encontrar lá dois fusíveis no tal relé de arranque, um é o que procuras e o outro é sobressalente...
      Normalmente temos que desviar uma protecção em borracha para ver o fusivel...
      ABR

      Eliminar
  35. Sim. Encontrei. E parece que era mesmo um fusível queimado. Falta algum trabalho para a pôr a voltar a andar, mas felizmente está tudo bem com o sistema eléctrico. Obrigado pela ajuda.

    ResponderEliminar
  36. Ola boa noite tenho uma xt 600e 4pt de 2001e a uns dias deixeia cair para o lado esquerdo...a primeira vista um espelho partido e o pedal das mudanças empenado mas depois de a pôr a trabalhar notei que ficou a vibrar muito e nao o fazia ja desmontei e vi tudo mas nao encontro o problema podera ter alguma ideia do que podera ser?tb tem falta dos rolamentos da roda da frente andei a ver aqui na net pra mandar vir e pelo que vi penso que sejao estes B6202 sera isto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas
      Peço desculpa por não ter respondido antes, mas não tenho visitado a net.

      A referencia dos rolamentos eu não sei, ou agora não tenho como verificar isso.

      Elas vibram ou sempre vibraram muito
      depende muito da rotação os rpms, pois existe regimes que a faz vibrar mais do que outros...
      Eu sugeria que comparasses essa vibração com outra XT lado a lado,

      A não ser que estejas a mencionar vibração em andamento? é isso?

      Eliminar
  37. Bom dia a todos.
    Se possivel, gostaria de saber se posso tirar o motor de uma xt600 de '95 (3TB) e meter um de '97 ?
    Tenho dúvidas se os apoios do motor coicidem, ou outras coisas.
    Agradecia que me desse uma dica antes de me por a mexer neles.
    Desde já o meu obrigado a todos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas
      Peço desculpa por não ter respondido antes, mas não tenho visitado a net.
      Sim é tudo igual
      apenas o cabo da embraiagem é que funciona pelo lado esquerdo e nos motores mais recentes funciona pelo lado direito...
      mas é tudo igual.
      ABR

      Eliminar
  38. Boas Edgar.. estou com algumas duvidas sobre uma instalação numa xt, que estou a terminar.. instalei uma m.unit da moto gadget.. mas estou com alguns problemas com a faisca na vela.. a mota so está a trabalahr enquando estou a activar o start.. se o mantiver, com o motor de arranque a funcionar a moto trabalha.. assim que largo, vai abaixo...
    obrigado..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Bráulio

      Estive a ver o circuito eléctrico da XT600
      e só encontrei um causa para isso acontecer
      (pode haver outra ou outras, mas esta é a mais evidente)


      O TCI (ou CDI como alguns lhe chamam) recebe +12V para manter o motor a funcionar... e parece que lhe retiras-te essa alimentação.

      Esse alimentação é comum à que alimenta o relé de arranque, pois o botão de start apenas dá o negativo ao relé para activar.

      nesta link podes ver como deves estar a alimentar o TCI
      embora tenhas o M.UNIT no meio deste circuito:
      https://photos.app.goo.gl/WY5knbMBC7dSXEVG7

      Depois de ela estar a trabalhar o TCI fica alimentado por esta parte do circuito (link) e é isso que deve estar a faltar...
      https://photos.app.goo.gl/j84wbG5hoyTBNwpk8

      Ou seja só tens +12V no TCI quando dás ao start
      e se alimentar com +12V o fio (salvo erro) vermelho com risca preta do TCI ela vai manter-se a trabalhar

      Mas para teres o stop de emergência a funcionar junto ao acelerador, tens que intercalar esse interruptor nessa alimentação de +12V do TCI

      tens umas imagens no topico em cima dos links

      diz-me qualquer coisa se não entendes-te a minha dica...
      pois quase que aposto com certeza que é isso que está a acontecer,
      embora eu nem conhecia essa cena do M.UNIT, mas fui pesquisar sobre ela...

      ABRAÇO

      Eliminar
  39. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  40. Boas Edgar,
    antes de mais, muito obrigado pelas tuas dicas para as nossas amadas XT's.
    Comprei uma de 97, e ela faz uma grande vibração em aceleração abaixo das 3000rpm, depois estabiliza.
    Verifiquei parafusos do braço oscilante e dos apoios motor. Identifiquei uma folga significativa na cremalheira! Poderá ser isso, ou poderá ser o contrabalanço do motor?
    Não vibra em ponto morto, só em aceleração em carga.
    Obrigado

    Sergio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sérgio

      É difícil avaliar o tipo de vibração pelo que descreves...
      Uma coisa é certa, elas vibram muito, e abaixo das 3000 rpm junta-se o começar a "bater do motor" com a vibração... ou seja:
      - se formos a 60 ou a 55 km/h é muito difícil rolar em 5ª velocidade, só sendo possível se tivermos vento pelas costas ou numa ligeira descida;
      - se formos a baixa velocidade com uma mudança também baixa (ela na realidade quer a mudança seguinte) entãao a vibração também maior que o normal (mas de certa forma normal pois não lhe estamos a dar a mudança que ela quer);
      - como disse no inicio, é difícil avaliar que tipo de vibração descreves, mas uma coisa é certa a minha vibra também bué... e estabiliza depois das 3000 e volta a ser novamente exagerada em 4ª por volta das 5000 rpm ao ponto de os espelhos tremerem tanto que nem confio no que vejo... em 5ª estabiliza e já se pode usar os espelhos eheheheh

      A folga da cremalheira ou dos sino-blocos é normal e dificilmente se nota.

      Quando tenho pressão a mais nos pneus, sinto mais vibração nas péseiras ou nos pés.

      Lamento não poder ajudar, com uma "dica" mais concreta...

      Obrigado pela visita ao blog
      e se poder ajudar de outra forma diz qualquer coisa ;)
      ABR

      Eliminar
    2. Obrigado Edgar.
      Consegui resolver a questão, agora até consigo andar às 2000rpm tranquilamente!!
      Ataquei em várias frentes.
      - guiador mal apertado
      - reaperto do braço oscilante
      - substituição dos sinoblocos da cremalheira

      Está do dia para a noite! Suave e sem coices.
      Próxima intervenção será revisão e afinação de válvulas.

      Outra coisa, nas tampas do motor, lado esquerdo onde tem as vigias do ponto do motor, tenho uma ligeira baba de óleo!?
      É normal ou será retentor cambota?

      Obrigado
      Abrç

      Eliminar
    3. Boas...
      desculpa não ter visto a tua questão mais cedo, mas não tenho vindo ao blog...

      No tampão de baixo que é de plástico, apenas tem um oring, que normalmente basta dar um pequeno aperto na tampa...
      No de cima é uma anilha de cobre, ou seja um vedante em cobre, que deverá ser substituído porque deve ter "cama", ou basta passar-lhe com uma lixa fina para retirar as marcas do aperto e para ficar todo uniforme e voltar a monta-lo...

      Podes ver aqui neste topico as tais tampas
      http://vadiodaxt.blogspot.com/2012/04/verificar-folga-das-valvulas.html

      Essas "tampas" ou "bujons" podem ser retirados com a XT no descanso lateral que não sai óleo por elas, ou se sair é porque o motor tem óleo a mais...

      Outra coisa que a XT tem ou não tem, é o retentor de cambota, porque toda a parte elétrica (bobines do estator, e volante magnético) trabalhão banhadas em óleo do motor.

      ABR

      Eliminar
  41. Olá Edgar,
    A minha xt600e de 1998 ficou com o motor de arranque a virar depois de já ter largado o botão de start. Já estava parada há mais de 1 mês e ao solicitar varias vezes para arrancar uma dessas vezes ficou a virar o motor de arranque sozinha. Depois acabou por pegar bem e andei 40 kms sem problemas e voltou a pegar bem. O que pode ser? O relay? A bobine de chamada? Obrigado. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas... Rui
      Desculpa só ter visto o teu comentário hoje..
      O "relé de arranque" é que normalmente faz isso (ou quase sempre ou sempre).
      Porque o seu interior é de plástico e se dermos ao start durante muitos segundos seguidos, a patilha metálica do contacto aquece e da danifica as guias que são de plástico. Normalmente só devemos dar ao start durante uns 3 segundos e esperar 6 segundos até voltar a dar ao start novamente, para o contacto arrefecer e não danificar a tais guias de plástico...
      Normalmente esse problema vai voltar a acontecer, só não sabemos quando!!!

      O relé de arranque que eu falo está do lado esquerdo da bateria, e basta seguir o cabo vermelho mais grosso que sai da bateria e vai direto ao relé

      ABR
      e OBR pela visita ao blog
      Edgar

      Eliminar
  42. Boas tenho uma ttr 600 , e tenho uma jantes supermoto mas falta me os cubos , existe algum cubo que de para adaptar ou só mesmo utilizando os da própria ttr abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Diogo
      Desculpa só ter visto a tua questão hoje... mas não tenho vindo à net.
      Quase todas as TT600 têm cubos sem sinoblocos na cremalheira, embora tenha havido um modelo (TT600E) que saiu com sinoblocos.
      Qual o cubo que lá encaixa (tirando o de origem) eu não sei, lamento mas não é "a minha praia".
      Mas se eu usasse uma SM, com certeza que queria algo com sinoblocos... pois os sinoblocos só não são usados no off road visto o atrito do pneu ao chão ser por si "mau". Sem esses sinoblocos e em alcatrão a caixa de velocidades vai sofrer devido à falta de sinoblocos...
      Opinião pessoal
      ABR (Edgar)

      Eliminar
  43. Bom dia

    Comprei a minha xt 600e a 2 meses.

    Estou querendo pintar a bengala balança, protetor do coletor e o motor.

    Queria saber se originalmente todas são da mesma cor.

    Só bem detalhista e quero deixar a moto zerada.

    Desde já agradeço a atenção

    ResponderEliminar
  44. A ponteira da minha xt 600e está fazendo barulho de algo solto. Me disseram que é a flauta e se se abrisse e colocasse lá de vídeo resolveria o problema. Queria saber a sua opinião a respeito. Não gosto das ponteiras esportivas. Quero deixar moto original.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamento mas não sei...
      A ponteira é dividida em varias partes e tem alguns pequenos tubos nessas paredes que dividem essas partes... honestamente não sei o que será...
      ABR
      e OBR pela visita
      (Edgar)

      Eliminar
  45. Olá Boa noite,tenho um problema na minha xt 600e de 97, a embraiagem do motor de arranque está a passar e não pega,será que essa peça é fácil de encontrar e será muito cara? Obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. peço desculpa por ter respondido um mês depois, mas não tenho vindo à internet.

      e lamento mas não sei...

      Eliminar
  46. ola a xt 600 e tb tem um filtro ha frente do bujom do oleo tem de se tirar a proteçao do carter e depois uma em forma de u nao se deve limpar ao mudar o oleo ?amigo obrigado boas voltas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. peço desculpa por ter respondido um mês depois, mas não tenho vindo à internet.

      A XT só tem dois filtros de óleo
      um é o que se substitui... e aparece neste tutorial
      https://vadiodaxt.blogspot.com/2013/06/trocar-oleo-do-motor.html

      o 2º filtro de oleo está no quadro da XT por baixo do outro bujão que retira o óleo do quadro...

      A XT350 é que tinha e tem um 2º filtro por debaixo do cárter e necessitava-se retirar a proteção de alumínio do cárter

      OBR pela visita ao Blog
      ABR

      Eliminar
  47. Excelente Edgar! Muchas gracias! Este tema es una duda permanente de los xteros y aquí una explicación clara.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias amigo
      Lamento haber respondido un mes después, pero no he estado en Internet.

      Eliminar
  48. Tenho uma dúvida, se trocar só o óleo do motor (Xt.600) também é necessário dernar o óleo do filtro e porgar o sistema?
    Obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas...
      Desculpa responder dias depois... mas ultimamente não tenho vindo à net.

      Purgar o circuito de óleo, não é relativamente importante, isto é:
      é recomendado para termos a certeza que o circuito de lubrificação está a funcionar...
      Caso a gente não o faça, o circuito purga-se sozinho.

      Obrigada pela visita
      ABR (Edgar)

      Eliminar
    2. Obrigado maquina!
      Um abraço e boas festas!

      Eliminar