Inicio | | Viagens | | Voltinhas | | Manutenção | | TUGATECH | | História da XT |  VELA 

quarta-feira

A Farsa das Inspecções às Motos

INTRODUÇÃO: 

Isto é uma vergonha do caraças... a politica Portuguesa anda na rua da amargura,

PORQUE EU VEJO A COISA ASSIM,
o "coiso que manda naquela merd toda", tem um um amigo pandeleiróte que vende uns equipamentos e machines disto e daquilo...
O pandeleiróte combina com o seu amigo, o "coiso que manda naquela merd toda", para obrigar os "coisinhos" a comprarem-lhe os equipamentos X, Y, Z, P,T e etc

Os "coisinhos" assustados perguntam ao "coiso":
- mas isso é um investimento brutal, e como vamos fazer para manter o negocio em altas?
O "coiso que manda nos coisinhos" responde:
- tenham calma, que eu já falei com o meu amigo ministro politico!

O politico recebe a garantia duma boa fatia do bolo e dá o OK para iniciar o assalto às Duas Rodas, usando umas justificações esfarrapadas...

O "padeleiróte" vende o que tem a vender e divide as fatias do bolo,
mas os "coisinhos" levam a banhada e ficam a arder com as merdices que compraram,
Porque a Malta estava atenta e saiu em força para as ruas
Link da 1ª MANIFESTAÇÃO CONTRA A FARSA

Os "coisinhos" são obrigados a deixar a bombóca arrefecer...
e ainda a arder com o investimento, mas de mãos e pés atados, com a promessa que quando a politica mudar de cor, vão ter a sua fatia...
O "pandeleiróte" também já está a arder com este atraso, porque já tinha o tacho da manutenção daquilo que tinha vendido... e equipamentos parados e sem uso, não recebem manutenção.

A politica mudou de laranja para cor-de-rosa, mas parece que o funcionamento da mesma é daltónico, e arranja-se umas estatísticas e tal... e mesmo que não sejam justas ou sejam mal explicadas, interessa é dar aos "coisinhos" a fatia que ainda não ganharam.

O politico que agora lá está, trata disso tudo, mediante uma fatia que não estava no plano inicial.

Então volta-se à carga com a desculpa que morreu muita gente,
esquecendo que nos últimos anos as estradas receberam muito mais Motas,
e que 2017 foi um ano de seca e sem chuva, onde se fez um numero de kms nas Duas Rodas muito superior ao normal...

O politico anunciou o que parecia o fim do mundo, um cenário duma autentica guerra nas estradas com mortos em berma sim, berma não...

Mas a realidade foi está:





Até 2010 era considerada uma morte vitima do acidente se tal acontece-se nas primeiras 24 horas após o mesmo. De 2010 para a frente começou a considerar-se em vez de 24 horas, 30 dias.
Mas mesmo assim conseguimos baixar os números de mortes e aumentar em muito o numero de Motos a circular com a lei das 125cc
(e não nos podemos esquecer que muita mas muita gente acabou por trocar a sua inicial 125cc por outra cilindrada superior, talvez por terem descoberto o que eu e muitos outros já tinhamos descoberto à mais tempo, a paixão pelas 2 Rodas)

Meus Amigos(as) e amigos(as),
essa ideia que querem vender da necessidade do IPO para as Motos não faz sentido...

Como tal, lá foi a malta outra vez para a rua...





Obrigado pela visita ao blog
peço que este blog nunca seja base para conversas politicas
porque para mim "politica" tornou-se numa coisa que apenas defende egoísmo puro e duro...

(Edgar)