Inicio | | Viagens | | Voltinhas | | Manutenção | | TUGATECH | | História da XT |  VELA 

segunda-feira

Moita - Barcelona (3ª Parte)

( 1ª Parte )     ( 2ª Parte )     ( 3ª Parte )     


Tínhamos chegado às aguas calmas do Algarve...

Em Lagos a paisagem ganha a toda a nossa atenção,
bué de grutas, bué de barcos com turistas...
pequenas praias escondidas em algumas grutas, etc etc, um pequeno paraíso.







Esquecendo o lado bonito e poético da viagem,
vamos lá  fazer uma resumo da realidade que estava "a viver de perto"...

- Paragem de apenas duas horas no cais de cortesia da marina de Lagos... e arrota 16€,

- Em Sesimbra foram 60€ por um dia, com umas instalações simpáticas mas muito fraquitas,

- A marina de Sines surpreendeu pela positiva, com excelentes instalações, e custou 18€

O Tiki com os seus 9 metros era incluído na classe de 15 metros
e por ser um catamarã pagava um lugar e meio,
...isto de andar a "arrotar" nestes níveis, não é certamente para pelintras como eu!

Eu era um mero convidado neste mundo das carteiras gordas...
mas não parava de estudar formas de fazer esta viagem num verdadeiro "low cost".





Ali estava a gente com o Tiki de madeira
que foi construído pelo Rui nas traseiras do seu quintal...

Eu passo a vida a chamar ao catamarã de TIKI, mas o seu verdadeiro nome era TETIS,
agora foi rebaptizado e chama-se "AO NUI", mas para mim será sempre o TIKI...
o nome "Tiki" é apenas o seu modelo no mundo dos barcos...

O Tiki com os seus 30 pés (30cm por pé igual a 9 metros e pouco), mais os seus 5 metros de boca (largura), era sempre a maior embarcação na praia da minha Aldeia,
...mas desde que saímos de Lisboa era sempre a mais pequenina, a que tinha o mastro mais pequeno,
...mas era sempre a que despertava mais curiosidade de toda as gentes...

Neste mundo de iates e veleiros brancos ou azuis, aparecia o Tiki amarelinho, rasteirinho, e portador duma alma única, que é uma característica dos designs "James Wharram".








A caminho da Albufeira o vento apareceu com "peso e medida" e foi sempre a dar...
vento de popa serrada, velas em borboleta (ou orelhas de burro, como se diz na Catalunha).

  Marina de Albufeira
e desta vez deu para fazer as coisas num verdadeiro "low cost",
Atracamos no cais de cortesia depois das 21H com a recepção fechada...
Deu para ligar a extensão eléctrica e carregar as baterias... e visitar um bom WC.
De manhã toca a levantar e sair antes da recepção abrir...
(simplesmente não havia nada a pagar, ou a quem pagar)
Para uns, isto é um verdadeiro problema, e dizem coisas do tipo:
- não paço sem uns balneários para tomar o meu banhinho de chuveiro e tal... etc etc

Também eu não!! mas prefiro 100 vezes um banho de imersão, do que um de chuveiro, eheheh





...e foi um daqueles banhos que só de pensar deixa-me com um sorriso de orelha a orelha.
Era correr para a proa e mergulhar com o Tiki de vela em cima, que segundos depois bastava agarrar-me como consegui-se à popa ou aos lemes...





Podia escrever sobre "n" pormenores que vivemos, mas estaria a ser chato...
Resumindo e concluindo, tivemos zero problemas propriamente ditos.
Aconteceram algumas situações que nos puseram à prova, mas foram sempre resolvidas com os nossos próprios meios...
- como aquela vez em saímos à pressa da marina de Albufeira para não pagarmos... e a aderiça da vela grande enrolou-se num moitão, e originou que com a vela quase em cima nem ela subia o resto nem descia... (o karma é lixado, eheheh)
Tivemos que improvisar rapidamente um arnez e subir ao topo do mastro, com o Tiki a ser levado em direcção à praia... 
(foto da segunda vez que se foi ao topo do mastro)




Tivemos sempre a companhia dum excelente ambiente a bordo...
Bebeu-se muito chá neste dias...
sempre chás diferentes e de boa qualidade, que o Vicente conhecia bem.
Ele explicava sempre as características e diferenças entre este e aquele chá... www.tesdeorigen.com
lembro-me de um chá que era cultivado na China mas curado no Japão, e etc etc

A comida foi sempre boa... muito equilibrada e sempre com direito a repetir o prato.





Alguns perguntam:
- porque raio levam uma bandeira na popa que não é Portuguesa nem é Espanhola  ?!?
Foi uma das formas de fugir as burocra-chatices de alto nível, que é ter uma embarcação legal para velejar pela costa... o Tiki foi registado na Belgica, e transformado numa "embaixada com velas"...





Às portas do Estreito de Gibraltar o vento roda e ganha forças de uns 60/70km/h ...
Um verdadeiro problema porque era ventos de frente, e que iriam durar uns 5 dias.

Teríamos que parar e esperar 7 dias, e eu nessa altura tinha que ir bulir...

Para mim a viagem acaba-se às portas do Mediterrâneo...
De repente e dum dia para o outro vejo-me a ter que voltar para casa.
Um sentimento de frustração misturado com aquela cena do "coitadinho de mim" e que "não tenho sorte nenhuma" tenta-se apoderar de mim...

MAS que se lixes as frustrações!! já não tenho idade para viver essas coisas!!!
e falta de sorte, também não sei o que isso é !! eheheheh

Despedidas feitas... e tirei esta foto, para depois ficar a ver o Tiki a desaparecer para a marina seguinte onde ficaria os próximos 7 dias...





Durante a despedida eles estavam preocupados como é que eu regressava para Portugal,
Eu menti dizendo que segundo a recepcionista da marina, tinha autocarro directo para a fronteira, e que na fronteira devia ter outro autocarro directo para Lisboa.

Na verdade tinha estado a falar com a recepcionista, mas tinha falado muitas coisas, menos sobre autocarros...

Fiquei sozinho e sentei-me a olhar para nada em geral, e a sorrir... e a pensar nos últimos dias...
Nem sei quanto tempo estive ali sentado, e quando se falava de ter ou não ter sorte!?!
não é que o pessoal da recepção mete conversa comigo e orientaram-me uma boleia para a Isla del Moral

e lá vamos nós a caminho de casa...

Mochila às costas, uma garrafa de agua, e porque não ir andando junto ao Mar até Portugal...

...e porque não??
ainda tinha 7 dias de ferias... eheheheh
também tinha muitas saudades "dos meus",
mas vamos com calma até eles...




Bom... o Vadio da XT começou por ser um blog das duas rodas
depois apareceu a coisa dos barcos à Vela (e um deles a ir ao fundo e tal)...
por isso o resto da viagem (e isso de andar a pé e à boleia),
fica para quem me encontrar e me perguntar como foi...





Os mais atentos perguntam:
- mas o titulo da publicação é "Moita - Barcelona" ??
                                                  - e pelo que parece isto terminou antes de Gibraltar???
Pois é... pois foi... mas vou lá voltar para fazer o resto da viagem!!
e vou ao leme do meu Catamarã, aquele que vou construir ainda não sei bem como!!


OBRIGADO pela visita ao blog...
(Edgar)

PS: como todas as viagens que fazemos têm custos... nesta gastou-se no total uns 100 €uritos.



Foto:
Video oficial da coisa
https://youtu.be/0rV6k4msoXU






Moita - Barcelona (TIKI 30)
( 1ª Parte )     ( 2ª Parte )     ( 3ª Parte )