sábado

Trocar os Retentores da Suspensão

Introdução:
Se temos um retentor a perder óleo na suspensão, nem sempre é obrigatório a troca do mesmo...

Podemos em ultimo recurso tentar limpa-lo com um pequeno plástico...
ou seja: sem desmontar nada,
- levantamos o fole
- retiramos a mola que fixa o guarda-pós do retentor
- e subimos o guarda-pós uns bons centímetros...

Depois com um pouco de plástico fino (do tipo radiografia) fazemos uma coisa deste tipo: 
https://photos.app.goo.gl/9Ls9EfpiGV493Qtf6


Há umas ferramentas destas à venda e aqui neste link do youtube podemos ver o bom exemplo:
https://youtu.be/1owBoyM-i3k

Ou então troca-se o retentor ou retentores sem abrir a suspensão...
- retira-se a suspensão
- retira-se os foles, mola de arame e guarda-pó
- com muito cuidado para não riscar a bainha, 
espeta-se um chave de fendas no retentor e "saca-se o gajo o fora"
- e por fim monta-se o novo e o resto das coisas...


1º passo ____________________

Comprar os retentores: 
o ideal dos ideais é comprar os retentores de origem por 3 boas razões
- Porque são os adequados,
- Porque têm boa qualidade,
- E porque têm um preço em conta.

Infelizmente nem sempre é fácil comprar tal coisa de origem...
ou seja, fui a um representante da Yamaha que não tinha retentores de origem, 

e pelo que percebi os de origem têm preço tabelado e em conta, (uns 8€+iva pelo par)
e porque não tinham os de origem, impingiram-me uns "m3rd0sos" de marca Italiana, que são o dobro do preço...

Mas até à data todas as peças da minha XT tem uma coisa em comum, são todas "made in Japan".
Como o representante da Yamaha não tinha, fui ao representante da Honda, 
e comprei uns retentores da Tourmax, idênticos aos de origem, que custaram 8€... 
contra os m3rd0sos que me quiseram vender por 20€.

Os retentores de origem têm estas características : 41 x 53 x 8/9,5
e são usados em vários modelos, como por exemplo:    KAWASAKI    GPZ 1000 / GPZ 1100 / GPZ 900 R Ninja / GTR 1000 / KDX 200 / KLR 650 Tengai / KLR 650 / KLE 500 / ZX 750 / ZX-10 / ZX-6 / ZX-6R Ninja / ZX-7 Ninja / ZX-9R Ninja / ZXR 750    KTM    Duke 620 / EGS 2T / MX 500   SUZUKI    DR 750 / DR 800 / DR 650 / GS 1100 / GSX 1100 / GSXR 1100 / RMX 250     YAMAHA    DT 125R / FJ 1200 / FZR 1000 / FZR 750 / FZR 600R / TRX 850 / XJ 900S / XVS 650 / YZF 750 / YZF 600 R Thundercat      HONDA     XR 250   (fonte da lista)





2º passo ____________________

Ter a ferramenta adequada e de boa qualidade, pode muitas vezes fazer toda a diferença em transformar uma tarefa numa coisa fácil ou difícil...


Ferramenta necessária:

- Chaves 10mm, 12mm, 17mm, (podem ser de bocas, luneta ou de caixa)


- Chave 22 (para desapertar e apertar a topo da suspensão)

- Chave estrela (philips) 

- Alicate / Martelo pequeno

- Chave sestavada interior 6 mm

- Fita métrica (para verificar o estado da mola, e medir a almofada de ar)


Ferramentas especiais:

- Tubo de PVC com diâmetro interno ligeiramente superior a 41mm

- Torno de bancada, ou uma bancada onde se possa apoiar a suspensão

- Uma seringa e um pequeno tubo 
(caso aja à mão, pois pode-se fazer o trabalho sem isto)

- Chave sestavada interior de 27 mm 

Esta chave em particular, teve de ser feita por mim com um acessório de meia polegada de canalização, onde lhe é adaptada uns acrescentos das chaves de caixa (com +/-50cm de comprimento) para poder entrar na suspensão.


Mas quem não tiver esta chave há formas de se fazer o trabalho recorrendo a outros métodos que uns passos mais à frente falo nisso...





3º passo ____________________

Desmontar a suspensão, pode ser visto passo a passo neste topico:
http://vadiodaxt.blogspot.pt/2010/10/desmontar-suspensao.html

e relembro a "dica" que há neste link, de desapertarmos um fio de rosca as "tampas" ou "bujões" do topo da suspensão (seta branca na imagem) antes de as retirarmos das mesas.
porque será muito difícil conseguirem depois desapertar isto com a suspensão fora...


e para retirar o óleo da suspensão podem consultar este tópico:
http://vadiodaxt.blogspot.pt/2010/10/trocar-o-oleo-da-suspensao.html



4º passo ____________________



Se fizermos o que temos no link anterior,
então, nesta altura temos a suspensão retirada,
sem fole, sem óleo, e sem mola.


Agora retiramos a mola (ou clipe circular)
que fixa o "guarda pós",
usando uma pequena chave de vendas.

A foto não mostra muito bem a tal mola, mas ela está por cima do "guarda pós" que protege o retentor de óleo.




5º passo ____________________


É agora que vamos dar uso à tal chave sestavada interior de 27mm

em caso de não termos essa tal chave sestavada interior de 27... 
Usamos o plano "B" é usar-mos uma chave pneumática com uma ponteira sestavada interior de 6mm, para desapertar o parafuso que está na parte mais inferior da suspensão;

ou como plano "C" um pau de vassoura para segurar a peça interior que está dentro da bainha.

O que na realidade necessitamos de segurar é esta peça que está na foto em baixo,
e na minha mão tenho a tal chave que fiz...





- Apoiamos a bainha  num lugar seguro

- O parafuso que necessitamos de desapertar, é o que está na parte mais inferior da bainha (1)

- Seguramos o interior (3) com a tal chave 27mm,
e com a chave sestavada de 6mm desapertamos o parafuso (1)

Por norma o parafuso está bem apertado e devemos contar com alguma força e "jeito" extra para o desapertar,

a chave 27mm ou com o plano B ou C, o seu objectivo é não deixar a peça no interior rodar junto com o parafuso, enquanto desapertamos o mesmo... e embora apareça um torno na imagem, eu nem necessitei de usar tal coisa...

- e retiramos a haste, mola inferior, 
e uma pequena bucha (ou calço que parece ser de plástico branco)



6º passo ____________________


Com jeito basta recolher a suspensão e puxar até bater, como na imagem, 
e vamos ajustado a força necessária e com cuidado, até o tubo sair totalmente...

Não necessário termos a suspensão presa num torno, pois bastou-me segurar com uma mão a bainha e com a outra mão a jarra e fazer tal movimento.




Quando o "tubo" ou bainha sai... vem com o guarda pós, retentor, uma anilha e mais a guia.
7º passo ____________________

E ficamos com a suspensão desmontada e "às peças"

É claro que ajuda, e de que maneira, termos um local com boa luz, limpo e com espaço.
Há sempre muito óleo à mistura e a pingar por todo o lado...

para limpar esse oleo nunca usei panos, mas sim um rolo de papel  de cozinha;
é adequado e pratico, com a vantagem de ensopar "qb" e nunca deixar restos na superfície que limpamos...






A limpeza que fiz foi a seco, 

(ou seja sem usar qualquer produto, além de panos e um rolo de papel de cozinha)
Basicamente apenas queremos retirar o oleo velho e garantir que está tudo desentupido e OK (como um pequeno furo que podemos ver nesta foto)









Podemos e devemos verificar o estado das molas...
basicamente ver se a mola tiver entre 468,4mm ~ 478,0mm  está OK





Existe também a mola de retorno (é esse o nome que salvo erro lhe dão) 
e embora não saiba qual o seu tamanho ideal, as da "minha" XT tinham 44,0mm

8º passo ____________________

Agora é começar a montar tudo, ou seja inverter o processo...  mas diga-se de passagem que desmontar me pareceu mais fácil que montar.

Comecei por colocar o interior da bainha e a pequena peça de teflon, 






...e depois colocamos a bainha na jarra apertamos o parafuso (nº1).










A parte que "deu mais luta" foi colocar a guia na jarra;
usei um pouco de oleo 10W da suspensão para ajudar a lubrificar a guia.

Para colocar a guia e anilha no sitio, usei um tubo de PVC  (daqueles usados nas canalizações de agua ou de esgotos de aguas fluviais com um diâmetro ligeiramente maior que a bainha)
O tubo tinha um comprimento de +/- 50cm foi só bater-lhe com um maço para obrigar a guia a entrar...


Há que ter cuidado a colocar o retentor na bainha para não danificar o mesmo...
e para ele entrar na caixa e encostar totalmente à anilha da guia, podemos usar o retentor antigo para empurrar o novo...


Por fim monta-se o "guarda pós" e a mola que mantém tudo no sitio...








9º passo ____________________


Meter óleo na suspensão...

Se tiverem duvidas, podem consultar este tópico:
http://vadiodaxt.blogspot.pt/2010/10/trocar-o-oleo-da-suspensao.html


10º passo ____________________


Montar a suspensão, pode ser visto passo a passo neste topico:
http://vadiodaxt.blogspot.pt/2010/10/desmontar-suspensao.html


11º passo ____________________


Porque os óleos são um veneno para o nosso meio ambiente,
e porque não podem ser tratados como lixo urbano...
...e porque o "carma" pode ser lixado...
Temos que levar o óleo usado para o Eco Centro mais próximo.


12º passo ____________________


...fica apenas uma imagem e sem comentários...





Todos os óleos usados foram entregues no Eco Centro da minha região.

Os filtros de óleo, são entregues numa oficina auto, para serem incinerados...

Todos os trabalhos só são verdadeiramente concluídos quando todos os resíduos forem entregues...
... para serem devidamente tratados...